JRM - Comissão Pró- Universidade Pública Federal de Caxias do Sul visita o Campus da UFRGS em Tramandaí

Educação

Comissão Pró- Universidade Pública Federal de Caxias do Sul visita o Campus da UFRGS em Tramandaí

COMPARTILHE ISSO:

Na segunda-feira dia 14, o vice-prefeito Clayton Ramos, vice-prefeito de Tramandaí, recebeu vereadores da Comissão Pró-Universidade Pública Federal em Caxias do Sul, prefeitos e o presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), para conhecerem um pouco do trabalho que levou o Litoral Norte a receber a primeira unidade da Instituição, no interior do estado, e manifestaram a intenção de
estimular a repetição da experiência na Serra Gaúcha. A reunião no gabinete do vice-prefeito antecedeu a visita ao campus. Depois das conversas, Rafael Bueno, Presidente da Comissão se declarou entusiasmado com o posicionamento do prefeito de Veranópolis, Carlos Spanhol “ Ele e os representantes de Bento Gonçalves admitiram abrir mão de sediar a UFRGS da Serra, em favor de um consenso regional”, comentou. O prefeito de Farroupilha, Clayton Gonçalves, reiterou a disposição de oferecer um terreno para ser a sede da universidade na região. A Comissão comprometeu-se em marcar uma audiência com a reitoria da UFRGS, em Porto Alegre, a fim de apresentar os resultados das atividades, e se propuseram a desenvolver um comitê inter-regional, para intensificar o processo de vinda da Universidade para a Serra Gaúcha. De acordo com o vice-prefeito de Tramandaí, Clayton Ramos, no próximo dia 1º de agosto, começarão as aulas para 300 alunos, 150 deles cursarão licenciatura em Ensino Fundamental, para escolas do meio rural. Outras 120 farão bacharelado de Ensino Superior preparatório para habilitações futuras. Os 30 restantes estão no curso de Biologia Marinha, do Ceclimar, pólo situado em Imbé e que agora, esta vinculado ao novo campus. Clayton Ramos apresentou a comitiva os oito pavilhões horizontais que comportarão estrutura administrativa, biblioteca, salas de aula, laboratórios e restaurante universitário. Partes das edificações ainda se encontram em fase de conclusão, 80 funcionários, entre professores e demais colaboradores, já estão à disposição das primeiras turmas, para o segundo semestre de 2015, está prevista a finalização de segunda etapa do campus. Afirmou que ela compreende três edifícios de oito andares, para abrigar mais laboratórios e salas de aula. Destacou que, ao término do processo, a UFRGS campus Litoral Norte deverá atender 1,5 mil alunos, abrindo turmas nas engenharias Civil e de Energia. Não descartando a possibilidade de ofertar outros cursos. Fonte: AIPMT

Fotos

 

Comentários

Comentar esta notícia Comentar esta notícia