JRM - Segunda edição do Miniempresa tem início no Câmpus Osório

Educação

Segunda edição do Miniempresa tem início no Câmpus Osório

COMPARTILHE ISSO:

quarta-feira, 23 de abril, o auditório do Câmpus Osório foi o local de encontro dos estudantes envolvidos na segunda edição do projeto Miniempresa, realizado através de uma parceria entre o curso de Administração e o programa Junior Achievement. O Miniempresa proporciona aos estu-dantes do 2º e 3º ano do curso Técnico em Administração (Integrado) e a experiência prática em economia e negócios, na organização e na operação de uma empresa. O produto a ser produzido e comercializado pelos estudantes serão bolsas sustentáveis com estampas exclusivas, feitas a partir da reutilização de camisetas. A diretoria da Ecoshirt S.A./E. (Sociedade Anônima Estudantil), empresa criada pelo grupo, foi eleita na segunda-feira, 12 de maio de 2014. Sob presidência de Leonardo Silva, terá a supervisão dos diretores Natalia Amarilho Pereira (Recursos Humanos), Murilo Tedesco (Financeiro), Marcela Pelisoli da Silva (Produção) e Thomas Vieira (Marketing e Vendas). O Miniempresa será desenvolvido em 15 jornadas semanais, sempre às quartas-feiras pela manhã. A atividade será acompanhada por seis professores, das áreas de Produção, Finanças, Recursos Humanos e Estratégia, e contará com o apoio do bolsista Vitor Amato, aluno do primeiro semestre do curso superior de Tecnologia em Processos Gerenciais. Os estudantes aprendem conceitos de livre iniciativa, mercado, comercialização e produção, se convertendo em miniempresários. Precisam conquistar acionistas, criar um produto, produzi-lo e comercializá-lo, com o objetivo de suprir todas as demandas de uma empresa, mostrando que o negócio é viável.No ano passado, a empresa criada pelos estudantes, Luminarte S.A/E (Sociedade Anônima Estudantil), provou que o objetivo principal do programa foi atingido. A meta de comercialização das luminárias sustentáveis foi batida, o que resultou em um faturamento líquido de R$ 3.318,90. Dos R$ 6,00 investidos no início do projeto, os acionistas receberam R$ 14,20, uma rentabilidade de 136%. Fonte: Campus Osório

Fotos

 

Comentários

Comentar esta notícia Comentar esta notícia